naty146
— Eita amor, cê tá muito gostosa nessa roupa.
— Cala a boca, imbecil.
Eu ri.
— Que que o houve, princesa? Não tenho culpa de cê tá um filé.
Para, filho da puta!
Ela me deu um tapa.
— Pô, tá feroz hoje, hein amor.
— Sempre to.
Na cama também?
— Para com isso, porra, to falando sério.
— Fica calma, amor.
— Calma o caralho.
— Vem, vem aqui. – a abracei por trás, falei baixinho no ouvido dela – Ouvi dizer que fazer amor alivia stress. A gente pode tentar se você quiser.
Mas com carinho, se não você me bate. (via naty146)
osonhoverdadeiro
— Eita amor, cê tá muito gostosa nessa roupa.
— Cala a boca, imbecil.
Eu ri.
— Que que o houve, princesa? Não tenho culpa de cê tá um filé.
Para, filho da puta!
Ela me deu um tapa.
— Pô, tá feroz hoje, hein amor.
— Sempre to.
Na cama também?
— Para com isso, porra, to falando sério.
— Fica calma, amor.
— Calma o caralho.
— Vem, vem aqui. – a abracei por trás, falei baixinho no ouvido dela – Ouvi dizer que fazer amor alivia stress. A gente pode tentar se você quiser.
Mas com carinho, se não você me bate.